29 de Outubro de 2008

 

 

Foi á cerca de um mês que alguém me falou na Teoria do Cogumelo aplicado na gestão de pessoal , o conceito é "tipo" piada e na realidade só tem duas regras base para facilitar o "controlo" e desenvolvimento do pessoal.

1º- Mantê-los ás escuras

2º- Alimentá-los com porcaria

 

Este conceito depressa se me afigurou algo mais que uma piada, ao ver o potêncial da ideia e ao constatar a sua aplicação nas mais variadas situações governativas levadas a cabo sistematicamente pelas entidades máximas de "quase" todos os países.

Vou tentar mostrar algumas das evidentes aplicações desta teoria pelos sucessivos Governos Portugueses.

 

A aplicação mais evidente é a tentativa de incapacitar o raciocínio livre e ponderado acerca de questões de importância estatal e social.

 

Estas começam logo na faixa etária mais baixa e no local onde menos se suspeita! A escola! Que interesse pode ter o nosso governo em que as crianças vão "flutuando" por um sistema escolar em que quase nunca se consegue chumbar, e cujos conhecimentos mais supérfluos sejam os mais exigidos. Conceitos de Matemática que quase nunca ninguém vai usar,( e se por acaso, lhe forem mesmo necessários recorrerá a uma calculadora) são mais importantes no desenvolvimento cognitivo do que pura e simplesmente Lógica? Ou Filosofia?  

 

Ocupar ao máximo todos os elementos activos da sociedade na sua luta pessoal para tentar manter um nível de vida aceitável com as parcas condições que lhe são fornecidas. A maioria da população nem tem tempo para se "coçar" entre a exibição de malabarismos financeiros para se manter com um nível aceitável de comodidade, quanto mais para pensar como o decreto-lei A ou B lhe pode alterar a vida. Se alguns conseguirem ao fim de um dia de trabalho fazer algo mais sem ser dormir a cena continua na "caixinha mágica", esse "ícone gratuito" da nossa sociedade que traz á maioria da população todos os conhecimentos que esta julga serem necessários á seu bem estar e desenvolvimento.

 

Controlo de conteúdos da programação televisiva, aqui o Estado podia ter um papel activo e preponderante no desenvolvimento cultural e intelectual da população portuguesa, o que faz?

Os conteúdos são quase (digo quase pois acho que o canal 2 é ligeiramente melhor que todos os outros) tão maus como os da concorrência que nos "alimentam" o cérebro com telenovelas repetitivas e desgastantes e concursos pseudo-intelectuais em que ao fim de 30 minutos ficamos a saber a resposta a 15 ou 20 perguntas que na maior parte das vezes nem sequer eram do nosso interesse, e "gastando" o mesmo espaço de tempo a folhear 1 dicionário obteríamos muito mais quantidade de conhecimentos.

É deveras interessante sabermos a resposta a 1 pergunta que nunca colocámos e não nos afecta minimamente não é ?? ...

 

As pessoas que não gostem muito da tv podem sempre ter a excelente opção de folhear as revistas "cor-de-rosa" que em muito beneficiam os seus leitores com excelentes informações de origem dúbia, e desprovidas de qualquer interesse intelectual, ou  os jornais desportivos que tantos benefícios nos trazem...

 

A política do medo é também uma excelente aliada do estado das coisas pois estamos sempre a ser bombardeados com o medo de qualquer coisa, o medo de os bancos falirem, o medo que nos raptem os filhos, o medo de sermos assaltados na bomba de gasolina, o medo de sair á noite, a subida do petróleo, os ataques terrorista, etc.etc.etc.

 

E é assim que os cogumelinhos vão flourescendo no seu cantinho escuro onde não lhes é dada informação suficiente sobre a realidade das coisas fora do seu habitat e onde a luz só se acende na altura da colheita...

 

Portugueses mal educados, com poucos recursos culturais, pouco tempo disponivel para poderem ter opinião e com a necessidade de um estado "protector" são sem sombra de dúvida muito fáceis de governar pelos larápios da Assembleia e seus "compinchas".

 

 

 

publicado por Eu mesmo às 21:23

tanya:
Agora em vez de ovelhinhas, somos cogumelos!!
30 de Outubro de 2008 às 20:07

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
31


mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
31


blogs SAPO
Visitante nº.